domingo, julho 24, 2016

Não metas um poeta dentro de água


Composto por 3 contos e ilustrações de João Feitor o fanzine Não metas um poeta dentro de água nasceu após um curso de escrita criativa realizado na Oficina do Cego em Lisboa.

O primeiro conto intitulado "O Sonho de Matilde" é da autoria de Patrícia M. Noronha relata a história de um professor de pintura morre de inveja do talento da sua aluna idosa, sendo que posteriormente acontece um crime. A história seguinte escrita por Carolina Vargas conta o dia-a-dia de um jovem metaleiro está dividido entre a sua paixão pelo moshpit e a sua paixão pelo jazz e por fim, Rodrigo Pristas é o autor que fecha esta triologia literária criativa com um conto poético, no universo da música clássica.

Não metas um poeta dentro de água é um fanzine que vale a pena ler e esperar para que apareçam mais deste género.


Não metas um poeta dentro de água
Editor: Oficina do Cego
Conteúdo: Textos, Ilustração
Formato: A5 (44 pág. p/b)
Data de edição: 2016
Local: Portugal
Contacto: ---

0 comentários: